Dança, solidez e leveza. No começo o traço se levanta!

October 2, 2008

O tempo correu bem rápido desde a última vez que escrevi por aqui. Rabiscos por toda parte da casa, em paredes, portas e quase até no corpo do gato. Parece que quanto mais linhas faço, mais me convenço que dança nada mais é do que dois corpos ocupando o mesmo espaço numa mesma tangente vertical. É louco isso aparecer assim do nada, mas é o que é! Está sendo um processo interessante para revisitar velhos princípios. Até a gravidade tem sido posta em questão durante essas sessões de desenho! Olho, paro e depois dou risadas!

Bem, procurei abordar no primeiro post sobre esta nova encomenda – o quadro da dança- as impressões mais profundas sobre o que o tema despertava em mim. Fazer uma espécia de reviravolta nas lembranças de infância à caça de curvas, cores ou mesmo pra encontrar uma risada gostosa, escondida sob pilhas de vida de plástico. E confesso, eu estava bem curioso, na verdade apreensivo, acho. Principalmente por não ter la pazza idea aonde esse exercício de descobrir as formas base iria me levar. Mas como na dança tudo é uma questão de confiança, me deixei conduzir.

Abaixo o resultado do que me surgiu no processo de conceituação. Um pouco de luz, de solidez. Mais uma vez foi meu olhar e a leveza de minha mão, me levando mais pra perto da essência das coisas. Que bom!

Primeiros estudos - Dança, solidez e leveza.

Primeiros estudos - Dança, solidez e leveza.

Primeiros estudos - Dança, solidez e leveza.

Primeiros estudos - Dança, solidez e leveza.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: