Cores, pausas e notas para uma tarde chuvosa

May 2, 2008

Ainda não descobri todas matizes de cores dessa música, já achei rosa, verde, um pouco do laranja e, pelo olha da Nara Leão, até um pouco de lilás. Espero que esquentem vocês tanto quanto a mim, nessa sexta chuvosa de outono. Quis postar um vídeo pois ele me fez parar um pouco pra pensar sobre cumplicidade.  Junto a ele queria deixar uma pensamento pra somar à água que cai lá fora.

Curto muito observar em duetos a comunicação sutil que acontece entre os músicos quando se encontram. Fico pensando no que passa em suas cabeças, enquanto são tomados pela cumplicidade pontuada por notas e pausas. Olhem os olhares!

Dá pra sentir a energia em espiral rodando entre eles, às vezes acho muito parecida com o que acontece ao se observar um quadro. Sem palavras trocadas, se pode enxergar um pouco da alma de uma obra, extendendo à alma do artista.Traço e cores se abrem. É como entrar num mundo paralelo pra quem está disposto a se entregar.

Música quando bate nos meus ouvidos são como cores simbólicas numa tela de ar. Dá pra sentir o pulso do propósito da obra.

Fico aqui curtindo mais uma conversa entre o Chico e a Nara, pedindo pro frio nas minhas orelhas passar. Boas cores, pausas e notas pra vocês também.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: